O já concorrido mercado de streaming ganha oficialmente mais um participante.

Quibi é a nova plataforma lançada recentemente nos EUA e que chegou ao Brasil em 6 de Abril. Mas diferentemente da Netflix ou Amazon Prime, o Quibi tem uma proposta diferente: foca em vídeos curtos que são visualizados exclusivamente em dispositivos móveis.

A plataforma foi criada por Jeffrey Katzenberg, cofundador da Dreamworks, juntamente com Meg Whitman, a CEO e ex-presidente do Ebay e da HP. A empresa traz um catálogo composto por produções com no máximo 10 minutos de duração – inclusive é desse conceito que nasce o nome, que vem da expressão “quick bites”, (mordidas rápidas).

E embora a plataforma chegue em um mercado concorrido e com um conteúdo curto, o investimento foi alto: cerca de US$ 1,75 bilhão de empresas como Sony Pictures, Disney e Warner Bros.

Além disso, grandes nomes do cinema, música, esporte entre outros segmentos aderiram à nova plataforma: Steven Spielberg lançará "After Dark", uma série de terror que só poderá ser assistida à noite, Jennifer Lopez, LeBron James, Liam Hemsworth, são outras celebridades que já aparecem nas produções do Quibi.

No Brasil, a assinatura mensal do app é de R$ 32,90 e o Quibi já pode ser encontrado tanto na Play Store, como na App Store.

Nos EUA, o valor é de US$ 5 (cerca de R$ 20) com propaganda, e de US$ 8 (R$ 40) sem anúncios.

A empresa libera um teste gratuito de três meses antes de começar a pagar pelo serviço.

O usuário pode assistir ao vídeos na vertical e na horizontal, pode adicionar as séries e outras produções em sua lista pessoal, baixar para assistir offline e encontrar fichas de informações sobre o elenco e a produção.

No entanto, por enquanto, não há legendas em português nem dublagem, apenas legendas e só estão disponíveis em inglês e em espanhol.

A plataforma adapta as produções a períodos menores de reprodução, então um episódio de série pode ser visto em três partes, por exemplo.

Quibi divide a programação em três categorias: "Filmes em capítulos", que são filmes de longa metragem divididos em episódios de 7 a 10 minutos; séries não documentadas e documentais; e Daily Essentials, 5 a 6 minutos de notícias, entretenimento e programação de estilo de vida.

Segundo a empresa, novos conteúdos serão lançados semanalmente sempre às segundas-feiras.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem