"The Irishman (O Irlandês)" foi eleito o melhor filme de 2019 pelo New York Film Critics Circle (Associação de Críticos de Nova Iorque). O épico drama da máfia de Martin Scorsese - estrelado por Robert De Niro e Al Pacino - também conquistou a vitória de Joe Pesci como ator coadjuvante.

O melhor diretor foi para Benny e Josh Safdie por "Uncut Gems", enquanto "Perdi Meu Corpo" venceu por animação. Nas categorias de atuação, os principais prêmios foram para Antonio Banderas por "Dor e Glória", Lupita Nyong'o por "Nós". Laura Dern foi agraciada com melhor atriz coadjuvante por "História de um Casamento" e "Adoráveis Mulheres".

No ano passado, “Roma” foi eleito o melhor filme, com Alfonso Cuarón recebendo o prêmio de melhor direção e melhor fotografia. Os vencedores anteriores incluem "Lady Bird: A Hora de Voar", "La La Land: Cantando Estações", "Carol", "Boyhood: Da Infância à Juventude" e "Trapaça".

New York Film Critics Circle (Associação de Críticos de Nova Iorque), fundado por Wanda Hale, do New York Daily News, distribui superlativos desde 1935. A 85ª cerimônia será realizada em 7 de janeiro na gala anual dos críticos de cinema de Nova York.

Veja a lista completa de vencedores abaixo:

Melhor Filme: "The Irishman (O Irlandês)"

Melhor Diretor: Benny e Josh Safdie, "Uncut Gems"

Melhor Primeiro Filme: “Atlantique”, Mati Diop

Melhor Ator: Antonio Banderas, "Dor e Glória"

Melhor Atriz: Lupita Nyong'o, "Nós"

Melhor Ator Coadjuvante: Joe Pesci, "The Irishman (O Irlandês)"

Melhor Atriz Coadjuvante: Laura Dern, para "História de um Casamento" e "Adoráveis Mulheres"

Melhor Filme de Não Ficção: “Honeyland”

Melhor Roteiro: “Era Uma Vez em Hollywood”, Quentin Tarantino

Melhor fotografia: “Retrato de uma Jovem em Chamas”, Claire Mathon

Melhor Filme em Língua Estrangeira: “Parasite”

Melhor Filme de Animação: “Perdi Meu Corpo”

Prêmio Especial: Randy Newman

Prêmio Especial: Indie Collect

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem