Header Ads

Últimas Noticias

REVIEW: One Piece 1x01 - "Eu sou Luffy! O homem que será o Rei dos Piratas!" (1999)


Sinopse
Inúmeras almas foram atraídas pela Grand Line em busca do lendário One Piece! Monkey D. Luffy é um jovem pirata com um sonho: provar que a lenda é verdadeira e ser o rei de todos os piratas!

Você também pode assistir o vídeo no nosso canal que têm o mesmo conteúdo, no vídeo abaixo.

Review
Neste primeiro episódio nos é apresentado o Personagem principal que é Monkey D. Luffy que é conhecido como Luffy, também é nos apresentado os fundamentos da história de One Piece através da intro inicial, no caso a abertura, que é a busca do tesouro chamado One Piece que leva o nome da animação e nos familiarizando com este novo universo que dá inicio a jornada da grande "Era dos Piratas" que estão em busca deste tesouro, o qual nosso protagonista também está em busca.

De imediato a personalidade dele me lembrou muito de Son Goku do Dragon Ball Clássico, até mesmo aquela risadinha que o Goku sempre dava em alguma situação que se sentia muito experto ou forte, até mesmo aquela coçadinha no nariz, que Luffy também faz. Então logo me cativou devido ao personagem ser parecido com Goku me levando numa onda de nostalgia do Dragon Ball Clássico.

A animação ela é bem fluída, colorida e dinâmica, a sua narrativa é bem simples e divertida tendo um ritmo muito bom assim como o tom da comédia que estavam na medida certa, não tenho o que reclamar deste primeiro episódio por assim dizer.

Acho que a única coisa diferente ou que diferencia One Piece de outros animes são os seus personagens, pois bem, eles são totalmente caricatos, o que eu quero dizer é que as caracterizações dos personagens são únicos e isso possibilita essa animação um diferencial bem grande perante as outras e isso define como algo único, onde você entende o porque do anime ainda estar em desenvolvimento.

Neste primeiro episódio tivemos um personagem peculiar que é o Coby, por que peculiar? pois bem, veja este personagem é basicamente usado para nos mostrar perfeitamente como a personalidade de Luffy é marcante e forte. Isso faz com que nós começássemos a gostar e entender este personagem através de suas convicções. Até mesmo porque a narrativa nos mostra Coby como alguém covarde que através de Luffy acaba sendo inspirado e incentivado a enfrentar seus medos e também querer buscar seus sonhos.

One Piece através deste primeiro episódio te instiga a querer a acompanhar o anime até mesmo pelas questões que ficam sem respostas, pois temos apenas 20 minutos não é mesmo? então isto te instiga a querer conhecer melhor este universo que é nos apresentado, como a menção da "Fruta do Diabo" que é o que deu a habilidade de Luffy de se esticar como uma borracha. E também a questão, quem é a ladra de cabelos ruivos? é meio obvio que ela será uma das colegas de Luffy em sua jornada já que ela aparece tanto na abertura e no encerramento do anime, junto com tal Zoro o Caçador de Piratas que é mencionado no final do episódio.

Em paralelo também fui ler o Mangá para comparação, porém o primeiro episódio do anime aborda apenas o Capítulo 2 do Mangá que é em titulado - "Luffy Chapéu de Palha". E o motivo do anime não abordar a história de origem dele no primeiro episódio como foi o Capítulo 1 no mangá é desconhecido para mim.

Há algumas diferenças entre este capítulo com o episódio do anime. Como por exemplo:
1. No mangá, o cenário foi em uma ilha, mas no anime, foi num navio no meio do oceano que esta sendo atacado pela pirata Alvina, que foi a antonista em ambas 'mídias'.
2. A moça de cabelos ruivos nem aparece no mangá, porém é apresentada apenas no anime.
3. No mangá, Coby mostra a Luffy um barco que ele construiu por 2 anos para escapar da Alvida. Isso não é mostrado no anime. Porém é adicionado no lugar desta cena a conversa no porão do Navio quando Luffy está comendo as maçãs.

As diferenças não são tão exorbitante porém não atrapalha em nada experiência do expectador. No geral é um bom começo de anime.

Nota: ⭐️⭐️⭐️

A história de Luffy e seus amigos pode ser acompanhada na íntegra no Crunchyroll, em japonês com legendas em português.


Nenhum comentário