Header Ads

Últimas Noticias

Não espere OS DEFENSORES no Serviço de Streaming da Disney a Qualquer Momento

CRÉDITO: NETFLIX
Os fãs da série Marvel Television, recentemente cancelada pela Netflix, que esperam ver os shows revividos na Disney, podem estar sem sorte.

Fontes dizem à Variety que o acordo para os quatro programas originais da Marvel inclui uma cláusula que impede que os personagens apareçam em qualquer série ou filme que não seja da Netflix por pelo menos dois anos após o cancelamento. Isso significa que “Demolidor” , “Luke Cage” e “Punho de Ferro” - que foram cancelados este ano na Netflix - não poderiam vir ao serviço de transmissão da Disney até 2020, no mínimo.

As chances de os shows retornarem por conta própria ou como uma nova parte de “Os Defensores” é definitivamente um tiro longo, dado o período de tempo. E mesmo que eles fossem para a Disney + o mais rápido possível, fariam isso sem “Jessica Jones”, que deve lançar sua terceira temporada no Netflix em algum momento de 2019. Se esse show for cancelado, o que agora parece provável, mas é de modo algum uma garantia, não poderia ir para outro lugar até 2021.
Marvel e Netflix se recusaram a comentar.

Depois, há "O Justiceiro", um show da Marvel-Netflix que não fez parte do acordo que gerou "Os Defensores". "O Justiceiro" é estrelado por Jon Bernthal, que primeiro interpretou o vigilante armado na 2ª Temporada de "Demolidor". O personagem foi desmembrado em seu próprio show. Tendo a sua segunda temporada de "O Justiceiro" recém lançada este mês. Dado que "O Justiceiro" não se enquadra no acordo original, o destino do show além da segunda temporada é desconhecido neste momento.

Fãs dos shows da Marvel ficaram chocados quando a Netflix começou a cancelá-los, particularmente "Demolidor", que atraiu fortes elogios da crítica por sua terceira temporada. A gigante do streaming e o estúdio de entretenimento baseado em histórias em quadrinhos assinaram o acordo para produzir os quatro shows em novembro de 2013, com “Demolidor” sendo o primeiro a estrear em abril de 2015.

O acordo previa o desenvolvimento de quatro séries originais de live-action, que culminariam no evento da minissérie "Os Defensores", que acabou sendo exibido em 2017. No entanto, a Disney anunciou seus planos para a Disney + em 2017, com a intenção de torná-lo um hub para tudo sob o guarda-chuva da Disney, que inclui a Marvel.

O gigante prestes a ter sua streaming fará várias séries originais, incluindo séries limitadas centradas nos personagens Loki, Feiticeira Escarlate, Falcão e Soldado Invernal. A Disney + também abrigará os espetáculos live-action de “Star Wars”, “O Mandaloriano”, estrelado por Pedro Pascal e uma série de Cassian Andor, com Diego Luna reprisando seu papel em “Rogue One”.

Nenhum comentário