Header Ads

Últimas Noticias

CRÍTICA: Eu Odeio o Orkut (2011) - Único Filme Sobre o Orkut que Você irá Assistir


Sinopse:Jader Bertola,(Marcos Kligman) trabalha de office-boy na funerária de seu tio, até viciar-se no Orkut (chegar ao offline do poço) e perder tudo, incluindo emprego e a namorada (que não estava disposta a continuar com um cara sem diploma, sem carro e sem vergonha na cara). O rapaz alvoradense entrou inocentemente na internet em busca de uma namorada para poder esquecer a última (que lhe trocou por um balconista do McDonald´s, local onde ele nunca colocou os pés por questões políticas) e acabou tornando-se um dependente. Internado em uma clínica de desintoxicação orkutiana, Jader faz o "download de suas memórias na internet", pedindo a um colega de quarto quase analfabeto (Evandro Berlesi) e totalmente conturbado que escreva um livro contando a sua história "De um convite para um mal offline" como um aviso aos jovens que entram dia após dia em redes sociais sem saber eles estão se inscrevendo em um caminho sem retorno. Jader relata toda a sua vida, alguns fatos desde a infância na cidade de Alvorada até a idade adulta.
Crítica:

O filme é uma adaptação do livro homônimo do próprio diretor do filme, Evandro Berlesi, e faz parte do projeto Alvoroço Filmes realizado na cidade de Alvorada, no Rio Grande do Sul.

Uma comédia que ri de uma realidade que foi bem presente nos anos 2005 até 2011, antes do Orkut ter sido encerrado em 2014. O Segundo Filme do Alvoroço Filmes após o filme de 2008, "Dá Um Tempo!" do mesmo Diretor Evandro Berlesi, é uma mistura de criatividade impecável, digo que em certos pontos me surpreendeu até na questão de não terem tido um grande orçamento, eles conseguirem vários artistas famosos da Globo para participarem do filme e até mesmo o "efeito visual" do 'Download' ficou muito boa.

Posso dizer que o empenho e a dedicação de todos os envolvidos é louvável, pois não houve uma cachê para os atores, mesmo o roteiro não ser tão elaborado ele é um filme que te diverti e entretém até o final. A trilha sonora estava ótima já que foi uma mistura de nostalgia para mim, pois as músicas fizeram partes da minha adolescência, já que também sou de Alvorada/RS.

Um dos detalhes mais interessantes do filme é ele abordar a questão temática sobre o excesso de tempo em redes sociais e o que eles podem fazer com pessoas que não conseguem mais de "deslogar" deste mundo virtual e os efeitos que elas ocasionavam nas pessoas, o que no filme é representado pela plataforma "Orkut" em uma forma de comédia. 

Um caso interessante de se mencionar é que não há nenhum outro filme que menciona o Orkut ou que fala sobre ele como este filme. Querendo ou não este filme se tornará uma pérola do Cinema e visando se tornar um filme histórico e de extremamente importância tanto para a cidade de Alvorada/RS como para qualquer cinéfilo que já passou da casa dos 20 anos que viveu e compartilhou está "Era" do Orkut, mesmo sendo um filme sem muitos recursos ele aparenta um estilo trash.

Gostei muito de atores famosos terem feito uma participação neste filme independente como Antônio Carlos Falcão, Jairo Mattos, Júlio Rocha e Luana Piovani, até mesmo a modelo Jessica, sem procurarem lucro ou renda profissional já que o filme foi "bancado" apenas pelos Diretores.

Um dos detalhes negativos do filme foi algumas questões técnicas que foi a captação de áudio que não estava nas melhores condições pela quantidade de eco e ruídos que se escutava em algumas cenas, a câmera também em certos momentos sacudia e girava demais em cenas que eram paradas, a quantidade de tempo do filme de 129 min também torna fatigante as vezes devido a certos pontos como ritmo das cenas pois deixa a desejar em alguns momentos.

No geral ele é um filme que pode ficar no meio do muro, naquela velha questão ou você ama o filme ou você odeia ele, é um filme cheio de graça mas que ao mesmo tempo não tem tanta graça, é um filme que te faz gostar dele por ele ser descompromissado, ele é apenas aquilo que ele se oferece a ser que é te divertir, relembrando a era Orkut que você nem lembrava mais, porém a quem assistir poderá dizer que ele é ruim, mas nesse caso então ele é aquele filme ruim que passar a ser divertido. 

Indico assistirem pela Nostalgia pura de quem presenciou a vida no Orkut, filme é encontrado completo no canal do Youtube do Alvoroço Filmes, dos próprios realizadores ou até mesmo pelo Cine Brasil TV que têm o filme volta e meia passando em sua programação.

Classificação Final: 3/5

Assista Abaixo o Trailer:


Nenhum comentário