Header Ads

Últimas Noticias

Crítica: Área 51 (2011) | Brega mas Divertido

Sinopse:
Na Área 51, o durão coronel Ronald Martin decide abrir a instalação para os repórteres Claire Felon e Sam Whitaker e sua equipe para satisfazer a opinião pública. O Coronel Martin nega a existência de alienígenas e convida os jornalistas a visitar os dois andares da instalação subterrânea. Enquanto isso, no topo secreto quatro andares abaixo, um alienígena metamorfo chamado Paciente Zero capaz de replicar qualquer forma humanoide escapa e liberar outros alienígenas que estavam cativos. Enquanto o coronel Martin e seus soldados os caçam, a sargento Hanna e sua equipe protegem a saída e são a última barreira para evitar que os alienígenas escapem.

Crítica:

Os alienígenas tem uma pegada do filme Aliens e até são impressionantes visualmente e aos diretores tiveram a chance de serem bem criativos, só que os alienígenas não são assustadores, realmente o filme em si não tem nenhuma cena assustadora, ele fica mais focado apenas ação contra estas criaturas. Um filme realmente para entretenimento.

Teve detalhe que me incomodou que é o prólogo do filme que é arrastado até engrenar, e a questão dos efeitos especiais que os primeiros 5 minutos do filme você nota que realmente que é terrível, você nota que a cena é totalmente falsa, em outra parte do filme quando um dos aliens está de frente para Sgt Hanna a tela está mostrando eles de uma perspetiva visto de longe você que o efeito visual da criatura está feio e até o modo dela se movimentar fica muito estranha.

Embora este filme tenha muitas partes bregas, é divertido e não é chato ele tem partes clichê e bobo, mas não é tão ruim quanto vários pessoas e críticos mencionam.

Do ponto de vista artístico de maquiagem os alienígenas não são horrivelmente feios, eles simplesmente não são assustadores o suficiente quando são mostrados, é claro que isso é uma opinião e não um fato. Existem alguns tipos diferentes de alienígenas neste filme, um que se assemelha a um polvo, um que se assemelha ao clichê dos alienígenas dos anos 50 da foto de Roswell, um alienígena que se parece com um homem coberto de veias, e novamente algo do filme A Hora das Criaturas. A equipe de maquiagem de efeitos especiais provavelmente fez o melhor que pôde com seu orçamento. O sangue e (partes do corpo rasgadas e amputadas) e respingos de sangue eram muito realistas e um bom trabalho para a equipe de design, um filme bem gore.

As pessoas adoram odiar filmes e destruí-los. No entanto, se você der uma chance e vê-lo pelo o que ele é, que é um filme que entretém, então você vai gostar. Não odeie isso com base em outra pessoa odiando-o. Forme sua própria opinião.

Contudo, este filme é divertido foi divertido de se assistir. Não pode ser levado a sério, como Aliens ou Guerra dos Mundos, fora são filmes completamente diferente, mas é o que é e merece uma chance, enquanto pode não ser a melhor coisa que você já viu, certamente não será o pior filme que você já viu e se você é um fã de Gore, esse filme tem muito disso.

Classificação Final: 3/5



Assista abaixo o trailer:


Nenhum comentário