Header Ads

Últimas Noticias

MORGAN FREEMAN Emite Nova Declaração: "Eu Não Agredi Mulheres"


Morgan Freeman, que foi acusado de assédio sexual por várias mulheres na quinta-feira, emitiu uma declaração mais longa em resposta às alegações. Através de seu publicista Stan Rosenfield, Freeman disse:

“Estou arrasado porque os 80 anos da minha vida correm o risco de serem prejudicados, em um piscar de olhos, pelos relatos da mídia de quinta-feira.

Todas as vítimas de agressão e assédio merecem ser ouvidas. E precisamos ouvi-los. Mas não é correto associar incidentes horríveis de agressão sexual a elogios ou humor mal colocados.

Admito que sou alguém que sente a necessidade de tentar fazer com que as mulheres - e os homens - se sintam apreciados e à vontade ao meu redor. Como parte disso, eu sempre tentava brincar e elogiar as mulheres, no que eu achava ser um jeito alegre e bem-humorado.

Claramente eu não estava sempre encontrando o caminho que pretendia. E é por isso que me desculpei na quinta-feira e continuarei a me desculpar com qualquer um que eu possa ter aborrecido, mesmo que não intencionalmente.

Mas também quero ser claro: não criei ambientes de trabalho inseguros. Eu não agredi mulheres. Eu não ofereci emprego ou adiantamento em troca de sexo. Qualquer sugestão que eu fiz é completamente falsa.

–Morgan Freeman

A CNN relatou que oito mulheres disseram que Freeman criou um ambiente de trabalho desconfortável com frequentes comentários sexuais e toques indesejados. Na quinta-feira, ele emitiu um breve pedido de desculpas, dizendo: “Qualquer um que me conhece ou trabalhou comigo sabe que eu não sou alguém que ofenderia intencionalmente ou conscientemente faria qualquer um sentir-se desconfortável. Peço desculpas a qualquer um que se sentisse desconfortável ou desrespeitado - essa nunca foi minha intenção.

Nenhum comentário