Header Ads

Últimas Noticias

Consequências de VINGADORES: GUERRA INFINITA - A Curiosa Persistência de GENERAL ROSS

Crédito: Universal Studios

Crédito: Marvel Studios
Spoilers menores de Vingadores: Guerra Infinita.

Ele apareceu de novo ...

No rescaldo de Capitão América: Guerra Civil e ao saber que a Capitã Marvel de 2019 seria ambientado nos anos 90, onde foi anunciando na Comic-Con International: de San Diego no Painel da Marvel Studios, conta sobre o reaparecimento de William Hurt como General 'Thunderbolt' Ross como algo de uma curiosidade. Tanto é assim que ele encabeça nossa lista de candidatos para ser um agente Skrull adormecido que se infiltra no Universo Cinematográfico Marvel.

Você pode encontrar detalhes sobre esse argumento no link acima, mas aqui está a passagem relevante sobre o agora Secretário dos Estado dos Estados Unidos, Ross.

Thunderbolt Ross verifica todas as nossas caixas - ele é mais do que velho o suficiente, estava em uma posição de poder no início dos anos 1990, agiu (muito) no passado e é impulsionado pela agenda pessoal.

Claro, talvez um Ross fervorosamente patriótico quisesse recriar e transformar em armas os Hulks para estabelecer uma força militar norte-americana imparável para o bem - ou talvez ele quisesse que eles sob seu controle que servissem como um exército para os Skrull…

Apenas dizendo'.

Mas nem sequer é sua motivação possível do que tocou nosso sino. A volta de Ross como Secretário de Estado em Capitão América: Guerra Civil foi apenas um pouco ... bem, estranho, e achamos que possa ser um Skrull a ser revelado.

Seu papel era, na melhor das hipóteses, supérfluo, entregando a exposição que qualquer novo personagem poderia ter feito, sem exigir um relato um pouco estranho de um ataque cardíaco em um campo de golfe aparentemente explicando sua mudança de personagem de alguém que queria criar energia bruta para alguém preocupado com a supervisão.

Talvez tenha sido apenas um fã service para um filme anterior, mas não é como em 2008 com O Incrível Hulk, é particularmente bem visto no catálogo do UCM - se você acha que a Marvel Studios se distanciaria dele. E Ross não é particularmente lembrado como um personagem de destaque.


Crédito: Universal Studios

E nem sequer nos ocorreu no momento em que foi escrito originalmente. O secretário Ross era um dos dois personagens independentes que Ross criou em Guerra Civil (estamos olhando para você, Everett K.).

Então, o que está nos fazendo revisitar o tema de Thaddeus Ross esta semana?

Como a maioria dos fãs do UCM sabe, ele apareceu novamente em Vingadores: Guerra Infinita, e sua aparição novamente parece tão estranhamente estranha quanto seu reaparecimento original.

Lá, Hurt está novamente na sede dos Vingadores, desta vez como um holograma, entregando uma exposição bastante desnecessária que poderia ser tratada por qualquer personagem de terno ou uniforme, agora pela segunda vez.

A cena parece existir principalmente para reunir o renegado Capitão América, Viúva Negra, a Feiticeira Escarlate com Visão, Máquina de Combate e, finalmente, Bruce Banner. Mas o diálogo sobre os Acordos de Sokovia e o próprio Ross pareciam supérfluos para o propósito da cena, que era fazer Rhodey escolher seus ex-companheiros de equipe por causa dos Acordos e que Banner tentasse recuperar o atraso.


Crédito: Universal Studios

Dada a natureza da ameaça e o ataque ao seu companheiro de equipe, Visão, a escolha de Rhodey não foi tão complicada e que a Guerra Civil não era realmente necessária. A Guerra Infinita é um filme complicado e cheio de gente, para começar, não precisou de mais pontos de plotagem para os espectadores digerirem, a menos que tivessem um propósito maior.

E Ross querendo que a tripulação de Capitão fosse presa em Nova York, sendo que ela acabou de ser atacada por alienígenas... de novo... foi simplesmente esquisito.

A sequência é ainda mais complicada por algo como um elefante verde na sala - a relação entre Ross e Banner (nem mesmo mencionar um certo interesse amoroso / filha). Enquanto isso é assumido, mas não dito, Banner simplesmente não revelou sua presença para Ross e Rhodey cobriu ele, o fato de que fiéis leitores / observadores da Marvel podem até pensar em tal pergunta ilustra ainda mais a escolha curiosa de ter Ross aparecendo.


Crédito: Universal Studios

Se você vai ter o Ross lá simplesmente como fã service, não é contraproducente ignorar totalmente uma oportunidade de fechar um loop de uma década como essa?


Crédito: Gabrielle Dell'Otto
(Marvel Comics)
Agora, William Hurt não é o ator de primeira linha que ele era na década de 1980, e talvez ele seja legal apenas aparecendo por alguns minutos em cada filme da Marvel. Heck, agora parece que Benecio del Toro se inscreveu para uma pequena participação especial. Mas parece que há mais acontecendo com a Marvel Studios, estabelecendo a presença de Ross como o papel autoritário no Universo Cinematográfico Marvel. Parece haver indícios de algum tipo de recompensa no futuro.

Como detalhamos em outros lugares, na esteira dos momentos finais da Guerra Infinita, você não pode descartar completamente as menores possibilidades de Hulk Vermelho. Talvez ainda mais remotamente possível, dada a súbita necessidade de super-heróis do mundo, Ross está criando uma nova equipe usando seu homônimo “Thunderbolt”.

Mas nós estamos dobrando a nossa teoria original - Ross ainda é o candidato mais provável a ser um agente adormecido de Skrull.

Acho que vamos descobrir na primavera do ano que vem.

Nenhum comentário