Header Ads

Últimas Noticias

Crítica: Buffalo Dance (1894)


Buffalo Dance (ou em tradução literal a Dança do Búfalo)
Dois índios estão sentados  tocando tambor no fundo do filme e três guerreiros em trajes completos mais ao lado. À medida que os músicos tocam e cantam, os três homens no centro dançam, sempre se movendo com os pés, num círculo anti-horário. Eles muitas vezes olham para a câmera, parecendo se mostrar. Cada um usa penas em sua cabeça e dois usam caudas decorativas.

Outro pedaço de história interessante, este curta de Edison corre em apenas quinze segundos, mas é muito divertido de se olhar. Vemos três índios fazendo uma "dança do búfalo", que era um ritual que eles fariam como parte do "Show do Velhos Oeste de Buffalo Bill". Tenho certeza de que o público da época devem ter dado muitas risadas devida a estranheza da cultura dos índios, mas o filme continua interessante hoje, apenas como parte da história.

Provavelmente era interessante para seus espectadores originais como uma chance de ver uma "dança indiana" mais ou menos autêntica. Como é frequentemente o caso dos primeiros filmes, é de interesse agora principalmente por outros motivos.

É ótima ver um show verdadeiro que as pessoas se voltavam a ver naquela época e com isso em mente, essa é a principal razão pela qual eu adoro assistir a esses filmes mais antigos. Aqueles que esperam alguma ação inovadora vão ficar desapontados mas os cinéfilos como gostarão de ver como tudo teve inicio.

A coisa que eu não gostei neste curta foi que ele começou direto com os nativos no meio de sua dança já quando a câmera ligada, sem vermos o inicio. Os índios nela também parecem estar muito conscientes da câmera, pois estão constantemente olhando para ela. Todo esse curta mostra que eles não estão agindo de um modo muito natural ou interessante. Esses olhares frequentes para a câmera, além do cenário um pouco artificial do estúdio 'Black Maria' de Edison, dificultam a determinação até que ponto o filme retrata a dança e como seria feito por conta própria.

Eles novamente usaram alguns nativos verdadeiros da época, que faziam parte do show do do Velho Oeste de Buffalo Bill, como já mecnionado. Ao contrário de "Sioux Ghost Dance", os nomes dos artistas são realmente conhecidos pelos nomes nativos Last Horse, Parts His Hair e Hair Coat. Talvez todos os nomes legais já tinham sido tomados quando nasceram.

Não é tão interessante especialmente quando você compara isso com "Sioux Ghost Dance" (veja a crítica desse filme aqui), do mesmo ano e até mesmo gravado no mesmo dia.

Classificação Final: 2/5





Pode ser visto pelo Youtube, confira abaixo:



Nenhum comentário