Header Ads

Últimas Noticias

Review: Action Comics #01 - Superman contra a Cidade do Amanhã (Novos 52)


O primeiro e único Grant Morrison (GRANDES ASTROS SUPERMAN) retorna ao Superman, junto com o sensacional artista Rags Morales (Crise de Identidade), para trazer contos diferentes do Homem de Aço de qualquer outro que você já leu! Esta edição  de estréia é a pedra angular de todo o Universo DC!

Detalhes da Edição
Nome: Superman contra a Cidade do Amanhã
Volume: Action Comics
Numero da Edição:1
Data da Capa: Novembro de 2011
Editora: DC Comics
Evento: Novos 52
Arco: Superman & Os Homens de Aço


Se Grandes Astros Superman de Grant Morrison foi uma tentativa excelente de misturar todo conceito do Superman da Era de Prata ele faz o mesmo dessa vez mas usando a maioria dos conceitos da Era de Ouro, para os dias de hoje.

Nós temos um soldado mais novo com seu brasão da casa de El, com cortesia de Grant Morrison e Rags Morales nos "Novos 52" onde foi o relançamento da Action Comics em 2011. Enquanto parece que temos um Superman completamente diferente, ele está realmente mais perto de suas raízes originais.

Agora que os "Os Novos 52" terminou, esta é a nossa chance de ver os primeiros dias do Superman. Vestido com jeans, botas e uma camiseta de Superman, ele está longe do Superman que todos conhecemos. Acontece que sempre quando houver uma re-apresentação terá algo de diferente

Pontos Positivos:
Eu estava extremamente nervoso sobre a aparente direção desse título. Das capas para as três primeiras edições, juntamente com o fato de que o Superman está usando uma camiseta Superman com jeans e botas de trabalho ... como não podemos nos preocupar. O que aconteceu com o Superman, que todos nós lembramo?

Notemos que isso foi escrito por Grant Morrison. Isso dá uma certa garantia, mas a prévia para essa edição nos mostra um superman mais violento contra o crime algo diferente do grande escoteiro azul para o qual estávamos acostumados. Eu pensei nisso. Morrison fez algumas coisas loucas em Batman, mas acabou por ter tido vínculos com edições passadas, mais especificamente os quadrinhos da Era de Prata. Eu re-leio essa edição de Action Comics # 1 e, claro, Morrison está ligada a algo aqui. Superman foi um idiota em sua primeira aparição. Ele destriiu portas e coagiu vilões em confissões. Isso é o que temos agora.

Este é um novo superman para todos nós. Sim, há inspiração da vibração original da série, mas também está completamente atualizada para a época atual. No lançamento da série da Liga da Justiça dos Novos 52 mostra que ocorreu há cinco anos no passado. Esta edição não diz especificamente quando ela ocorre, mas sabemos que é antes da Liga da Justiça devido ao seu traje (ou falta dela). Ainda temos alguns dos sentimentos anti-super-heróis que estavam presentes na Liga da Justiça. Superman é um herói, mas não o herói que todos amaram desde o início. Isso adiciona um toque diferente e bem-vindo ao Superman.

A arte de Rags Morales aqui cresce cada vez mais depois de re-ler (sim, eu li isso mais de uma vez). Eu achei interessante o design da nova roupa (não tenho certeza se é por causa do jeans, da camisa ou das botas), mas faz sentido de certa forma. Sempre senti que Superman conseguiu o seu traje facilmente. Eu também gosto da ideia de não saber imediatamente quando e como ele conseguirá sua armadura de Krypton. Superman claramente parece muito mais jovem. Mas não muito para parecer como um Superboy aqui, mas definitivamente parece mais jovem do que ele em suas outras aparições.

Pontos Negativos
Enquanto eu gosto da idéia de Superman ser um inimigo da cidade, é difícil dizer quanto tempo isso pode ser divertido. Mesmo que ele fosse um pouco abrasivo em suas aparições originais, nunca o vimos como sendo temido. Superman deve ser temido no início. Especialmente se as pessoas souberem que ele é de outro planeta.

Há também algumas outras pequenas diferenças que terão que se mostrar um pouco para ver como eles funcionam.

Durante a leitura, continuava a esperar que o típico Grant Morrison 'explodisse a minha mente', mas realmente não havia muito. Talvez na próximo número.

O Veredito
Este não é o Superman que você está procurando, e isso é bom. Das primeiras imagens de um Superman mais novo usando jeans, botas de trabalho e uma camiseta com a letra S, ficamos nos perguntando o que Grant Morrison e Rags Morales estão fazendo. Com a intenção de nos dar um Superman diferente do que lemos nas últimas duas décadas, eles conseguiram. Este Superman atua mais perto de sua aparição de 1938, misturada com o mundo de hoje, que não é muito louco por um mundo de super-heróis (principalmente no que foi mostrado em Liga da Justiça # 1). Este Superman mais novo pode pensar que ele tem as respostas com sua abordagem impetuosa para lidar com o crime, mas ele logo descobrirá que ele isso só funciona em sua cabeça. Com muitos rostos conhecidos apresentados pela primeira vez, temos um mundo novo para nos acostumar. Morrison não afasta nossas mentes com sua moda típica, mas definitivamente estamos com um bom começo. Este Superman é familiar e ainda diferente o suficiente para sentir como se estivéssemos vendo o personagem pela primeira vez.

Tudo o que posso dizer é absolutamente brilhante. Eu gosto de onde esta série está indo.

A arte está fantástica e a escrita foi fantástica, o que não me surpreende, considerando que Morrison está por atrás disso. Foi um ótimo começo, mostrando os poderes de Superman, explicando o relacionamento de Jimmy e Lois com Clark, e como Lex Luthor e o General Lane se sentem ao Superman. Eu amei tudo, exceto por uma pequena coisa, é a aparição de Lex Luthor, eu esperava um olhar mais agressivo (uma maior construção em si), mas vale a pena comprar e colecionar.

No geral, eu estou dando uma nota 5/5 porque tem uma ótima história, grande escritor, um malvado Lex Luthor e um final que você quer saber o que acontecerá com o Superman.

Classificação Final - 5/5






Você pode ler essa história na edição de Superman Nº 1 da Panini de 2012 ou no Encadernado, Superman - À Prova de Balas de 2015 da Panini.

Nenhum comentário